Calendário 2018

Calendário 2018

Depois de fazer uma cirurgia ao pé direito, fruto de uma lesão contraída nos desafios de Setembro passado (Ultra Trail du Mont Blanc e Tor dês Geants nos quais participei com apenas uma semana de intervalo), construir o calendário para este novo ano é tarefa para já complicada. Por agora tenho a certeza que a intervenção realizada está resultar muito bem, o que já me permitiu regressar aos treinos de bike e elíptica. Em Maio poderei voltar à corrida sem limitações.


Tinha como grande objetivo fazer a volta a Portugal a correr, unindo todos os Parques Naturais e motivando a nossa sociedade na angariação de árvores para plantar nestes mesmos Parques. Serão cerca de 2.000kms para fazer em 22 etapas, cerca de duas maratonas diárias.

Esta atividade esteve programada para Novembro passado mas, com a lesão contraída em Setembro, foi impossível realizar. Reprogramamos para Fevereiro mas afinal a lesão complicou e tive mesmo de fazer uma cirurgia. E novamente ficou adiado este sonho.

Para ter sucesso num desafio desta magnitude, terei de estar no máximo das minhas capacidades e só avançarei se me sentir com essa força e confiança. O mesmo acontecerá para outras provas de referência que estão no meu pensamento. 

Já a nível de eventos a organizar, segue a bom ritmo o planeamento dos eventos Carlos Sá Nature Events para a edição de 2018. Esperamos começar da melhor forma já este fim de semana com o Foz Côa Douro Trail Adventure.

Sou o mentor deste projeto mas nada faço sozinho. Tenho a felicidade de ter parceiros e uma equipa fantástica, que cada vez mais está autónoma, profissional e motivada, levando estes projetos para onde eles devem estar. Tudo isto leva o seu tempo e, mesmo tendo a noção de que não somos perfeitos, estamos motivados a fazer cada vez mais e melhor. 

Com a chegada do novo ano, antigas e novas ideias surgiram. Sou apologista que devemos estar em constante inovação, criando dinâmicas muito fortes e positivas, quer nos eventos já consolidados como o Grande Trail Serra D’Arga ou Peneda-Gerês Trail Adventure, quer criando novos desafios e novas vertentes.

Um dos projetos antigos que estava na gaveta e no qual depositamos grande confiança é o Foz Côa Douro Trail Adventure. É uma prova com a dinâmica do PGTA mas explorando todo um vale carregado de história, paisagens alucinantes e condições fantásticas para este tipo de eventos que se querem “familiares”. O Centro de Alto Rendimento do Pocinho será a nossa base logística principal e teremos no máximo capacidade para 100 inscritos no futuro.

Outro projeto é o Serra Amarela Sky Marathon. A Serra Amarela é uma serra única, com potencialidades fantásticas, quer a nível de percursos quer recursos logísticos. A Freguesia de Entre Ambos os Rios (Ponte da Barca) vai ser a nossa base logística para partidas e chegadas. Este local está somente a 10min do centro das Vilas de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez, bem como a apenas 1h do centro do Porto. É uma prova de um só dia e com distâncias curtas, tendo a prova rainha cerca de 48kms. Um evento acessível a qualquer atleta, mesmo sendo uma prova muita desafiadora. 

O Conceito Extreme Marathon é outra das novidades este ano. Este tipo de provas é absolutamente brutal, um autêntico desafio quer para atletas de Trail Running quer para atletas de estrada, nunca sendo uma prova monótona para estes últimos.

Com a oferta de três distâncias, estes eventos estão ao alcance de todos, dos mais ou dos menos preparados, dando a oportunidade de os atletas progredirem nas distâncias.

Já no conceito de Experiências (ou “Trail Camps” como são conhecidas) vamos, desde hà 4 anos a esta parte, fazendo regularmente estas atividades para empresas ou grupos fechados, quer na vertente Trail Running quer no Hiking. É nossa intenção dar continuidade a este trabalho ao longo deste ano.

PS: Never give up on your dreams!   

PATROCINADORES